Bebida Sueca

Últimamente as seguintes palavras tem sido usadas com frequência para chegar ao meu blog: bebidas, álcool, suécia.

Não sou a pessoa mais indicada a escrever sobre bebidas, já que, a única coisa que bebo é uma taça de vinho ou uma cidra ocasionalmente. Fiz uma pequena pesquisa sobre a bebida na Suécia e se tiver algo incorreto, fique a vontade para me corrigir!

Bebida Sueca: a principal especialidade sueca é o brännvin, licor destilado de grãos e batata. A vodka é o mais alto grau de brännvin. E se falou em vodka falou em Absolut. A vodka Absolut é de origem sueca porém atualmente a detentora da marca é a gigante francesa Pernord Ricard.

 Esta vodka é feita de trigo e, para cada garrafa de 1 litro são necessários mais de um kilo de grãos. Cerca de 80 mil toneladas de trigo são usados anualmente para produzir a absolut. Atualmente existem variações de absolut com sabor de frutas.

Outra bebida comum é o Akvavit ou aquavit que em latim significa “água da vida”. Também é um brännvin porém, com ervas. A marca mais antiga de akvavit sueca é do OP Anderson que possui um forte aroma de cominho, anis e erva doce.

Cidras: assim como as cervejas, as cidras podem ser vendidas em supermercados se possuir teor alcoolico abaixo de 3,0% e acima disso devem ser vendidas nas lojas do Systembolaget. As cidras são feitas a base da fermentação de frutas/suco de frutas sendo as mais comuns a maçã e a pera. Entretanto, por aqui as frutas vermelhas também são muito utilizadas.

Cerveja: no systembolaget existe uma infinidade de marcas e tipos de cerveja. Não sei qual é a melhor ou a mais vendida. Na nossa região existe uma cervejaria que pelo visto agrada bastante, que é a Spendrups. Esta cervejaria fundada em 1897 é comandada pela quarta geração da familia Spendrups.

Vinho: existe vinho de todas as partes do mundo e até algumas coisas que deixariam os melhores sommeliers e apreciadores de vinhos de cabelo em pé. Existem vinhos em caixas de papelão de 1 litro ou 2 litros como preferir; garrafas com tampa de plástico rosqueável e afins, um golpe direto no coração de qualquer apreciador mais tradicional (garrafa, rolha de cortiça e por ai vai). Né Maxwell??

Não perca: Systembolaget, Sueco de 77 anos é obrigado a mostrar identidade, Bebida Sueca 2: Natal

 

Advertisements

Sobre marianapp

My life in the frozen land
Esta entrada foi publicada em Suécia, Sverige com as etiquetas , , , , , , , , , . ligação permanente.

3 respostas a Bebida Sueca

  1. Maxwell diz:

    Para apreciar um bom vinho é necessario seguir um certo ritual. Neste contexto, depois do rótulo, abrir a garrafa sacando a rolha da maneira tradicional é muito importante. Tampa rosqueada é coisa de refrigerante… caixa de papelão é para suco e leite! Para completar a heresia só falta beber o vinho em copo de requeijão!

  2. Francisco José Pellegrino diz:

    Conoisseur..o rapaz…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s