20 coisas que você precisa saber antes de mudar para Suécia

A lista de hoje foi publicada no site Sweden.se e resolvi reproduzi-la aqui no blog. Alguns itens, eu já publiquei e acredito que entre os itens abaixo tenha coisas importantes e coisas que não passam de curiosidade. Para ler a reportagem original, em inglês, clique AQUI.

1. Comece a tomar café.

Como já mencionado no blog (AQUI e AQUI), os suecos adoram café e possuem o fika, um “ritual” de tomar café com os fikabröds (bullars). Eu que não tomava café (só com leite), agora tomo pelo menos nos finais de semana (o que já é um grande progresso!);

2. Pegue um número, por favor.

Do banco ao supermercado, da farmácia ao médico, você sempre terá de pegar uma senha; as máquinas geralmente ficam escondidas, mas depois de um tempo você se acostuma a procurá-las. Para os brasileiros esse método é um velho conhecido!

3. Você pode morar várias anos na Suécia e não aprender sueco.

Sim, isso é verdade e já conheci e ouvi falar de pessoas que moram há mais de 20 anos por aqui e não falam uma palavra de sueco (eu pelo menos solto umas pequenas palavras, hahaha); isso acontece porque grande parte dos suecos fala inglês e não se importa em conversar em inglês, aliás, alguns até gostam, pois é uma forma de praticarem. Mas é claro que isso pode atrapalhar quem tem interesse em aprender sueco, já que pode se acomodar no inglês (sei bem o que é isso, rs).  Se você tem interesse em aprender sueco, aproveite o SFI (sueco para estrangeiros) que é gratuito e fornecido pela Agência Nacional Sueca de Educação. No Uma caipira na Suécia e no Minha Aquarela você encontra informações sobre o SFI.

4. Não deixe suas compras para depois das 17:00.

O comércio fecha mais cedo especialmente nos finais de semana; algumas lojas, dependendo da cidade, nem chegam a abrir. Fora que, além de fechar cedo algumas abrem tarde, por exemplo: abrem às 11:00 e fecham às 14:00 (isso no sábado). Durante a semana algumas abrem às 10:00 e fecham às 18:00 (de novo depende de vários fatores). Isso porque as pessoas pensam muito em encontrar um balanço entre trabalho-saúde-qualidade de vida; o lema dos suecos é trabalho para viver, não vivo para trabalhar. Eu não me incomodo com o fato desses horários, se não deu para comprar algo hoje compro amanhã, sem drama. Aprendi a levar uma vida mais calma e tenho gostado muito, ponto pra Suécia! sentirei falta.

5. Não estranhe os alimentos em tubos de pasta.

Alguns alimentos como maionese, mostarda, queijos com sabores, extrato de tomate e até caviar, vem acondicionados em tubos de pasta; a reportagem diz que em algum momento você estará comendo um ovo cozido com um desses queijos com caviar. Digo a vocês que não, mas pode ter certeza de que em maionese você irá experimentar! Brincadeira, eu só experimentei a maionese e o extrato de tomate, não faço idéia se esses de caviar são bons.

Fonte: flickr/Sweden.se

6. Homens empurrando carrinhos de bebês.

Muito comum, não se espante! Os casais tem direito a 480 dias de licença parental remunerada, dividida entre eles; por isso, é comum ver grupos ou de mamães ou de papais juntos para almoçar, reunidos num fika…lembre-se, aqui existe igualdade entre os sexos.

7. Camping, caminhadas e colheita de frutinhas.

Os suecos adoram estar ao ar livre; durante todo o ano, há pelo menos uma atividade que pode ser apreciada faça chuva, sol ou nevasca de inverno. Por conta disso, o governo dá às pessoas o direito de acesso público em uma lei chamada Allemansrätten, que já mencionei neste post AQUI. Em poucas palavras, Allemansrätten significa que você está livre para o acampamento, caminhada e em terrenos privados, a menos que tenha um sinal que proíbe a entrada de estranhos. Durante o verão, você vai encontrar as pessoas acampadas, caminhando pelas florestas colhendo frutos silvestres e cogumelos, e quando o inverno chegar, esquis e esquis cross country substituem as caminhadas de lazer. Porém, com o direito (Allemansrätten) também vem as responsabilidades; deve-se respeitar as regras locais, proprietários, residentes, flora, fauna, e todos os sinais. Liberdade para o acampamento também não significa acampar em qualquer lugar. AQUI você encontra a lista completa de direitos e obrigacões para a vida ao ar livre!!

8. Melodifestivalen

Outro conhecido dos frequentadores do Mundo da Mari, veja os posts AQUI. Poucos eventos unem (ou dividem) todo o país tão fortemente como Melodifestivalen. Este evento de música muito popular, realizada a cada fevereiro e março, é uma distração para as longas noites escuras de inverno. Melodifestivalen é uma competição anual de música nacional e seu vencedor representa a Suécia no Festival Eurovision que coloca países europeus uns contra os outros musicalmente. O melodifestivalen lancou nada mais nada menos que o grupo ABBA, que  ganhou o concurso Eurovision em 1974 com a música “Waterloo”.

9. Muitas empresas fecham no mês de julho.

Não é raro encontrar restaurantes e lojas de fechadas durante o mês inteiro, geralmente em julho, enquanto os empregados estão de férias.

10. Tente manter-se em “lagom”

Há um código de conduta da sociedade na Suécia, que realmente não tem tradução direta em inglês ou em português. Livremente traduzido, a palavra “lagom” significa “apenas o suficiente”, “com moderação”, “apropriado” e outros sinônimos. Quando usado em referência ao comportamento social, que significa sem exibir extremos de emoção. Pois é, não espere aqueles OOOOOOiiii, que normalmente escutamos nas ruas brasileiras, ou uma grande festa quando algum conhecido te encontra ou encontram entre eles. As emocões são mais contidas; outro dia, num programa de televisão, uma familia tinha ganhado uma transformação para sua casa; o garoto que pelo visto mandou a carta teve o quarto todo repaginado e quando ele entrou no dormitório era notório que ele estava louco para explodir em alegria. Ele tentou se segurar, mas não conseguiu, soltou uns pulinhos, mas depois disso se conteve e ficou nos sorrisos.  Não vou generalizar e falar que todo mundo é assim, já teve uma filha de uma conhecida que ficava toda feliz ao me ver e vinha correndo e me abraçava, mas isso não é a regra.

11. IKEA

Nem preciso falar muito, quem vier morar na Suécia não estará imune ao Ikea; pelo menos uma vez ou outra você irá até a loja, e mais, não sairá de mão abanando. Algumas lojas oferecem servico de ônibus gratuitos. Dê uma olhada no site – AQUI em português AQUI.

12.  Bonito Sapato! Por favor, tire-o!

Você vai logo perceber que os sapatos são retirados quando entrar em residências na Suécia. Existem muitas teorias ao redor desta antiga tradição. Muitos giram em torno do fato de que os suecos passam muito tempo ao ar livre durante o verão e inverno e são propensas a arrastar os sapatos na sujeira, assim tirar os sapatos na porta é feita para fins de higiene. Outras teorias dizem que é um sinal de respeito para a casa sueca. De qualquer maneira, você pode querer pensar duas vezes antes de usar uma bota cheia de cadarços ao visitar pessoas. Obs: outra teoria: os suecos não tem faxineira, diarista…eles que fazem a limpeza de suas casas e querem manter sempre limpo – quanto menos trabalho melhor. No inverno é impossível entrar com os sapatos em casa; imagem a cena: você andando numa rua cheia de neve; quando chega em casa a neve já está meio derretidinha e fazendo a meleca por onde passa. Pergunta: você vai querer entrar em casa com um sapato que vai deixar uma poca d’água por onde passa?? NÃO, não vai!

13. O inverno é  frio, escuro e pode ser deprimente

Não é nenhum segredo que a localização geográfica da Suécia torna propenso a invernos frios e escuros. Na profundidade do inverno em algumas partes do norte do país acima do Círculo Ártico, você pode ter menos de três horas de sol por dia. E na cidade mais setentrional da Suécia, Kiruna, você não obter hora (como no zero) da luz do dia. Porém existe o outro lado: você será recompensado de toda a luz que perdeu. O verão tem dias longos e temperaturas moderadamente quente que fazem da Suécia um lugar lindo no período de maio a agosto. Agora entra minha opinião: setembro até meio de outubro também é muito bonito, marca a mudança para o  outono e a paisagem verde vai transformando-se em tons dourados, avermelhados.

14. Seja pontual

É de conhecimento comum aqui que o “tempo” deve ser respeitado em todos os momentos – independentemente se você está indo para uma entrevista ou reunião com amigos para fika (a não ser no caso de emergências). Reuniões terão início na hora certa, com ou sem você. O trem vai sair na hora certa, com ou sem você. Enquanto muitas culturas podem ter atitudes mais tranquilas em relação aos compromissos/horários, aqui na Suécia, o tempo realmente não espera por ninguém. Alerta: só pra confirmar: os suecos são muito pontuais; os trens algumas vezes parte adiantado, por isso, chegue cedo!  As festas, reuniões…tem horário de começo e de fim.

15. Obtenha bebidas alcoólicas no Systembolaget

Também já falei sobre esse assunto AQUI. Nessa reportagem, eles dizem que apesar de você poder comprar bebidas em restaurantes, bares, pubs e no supermercado (até 3,0% de álcool), na Suécia você tem a opção de comprar bebidas mais fortes nas lojas Systembolaget. Fique esperto, pois no fim de semana só abre aos sábados das 10:00  às 13:00. Outra dica: suecos não gostam das cervejas de 3,0% do supermercado, por isso, se for visitar alguém, leve bebidas do Systembolaget.

16. Mantenha o saco plástico

Os supermercados e algumas lojas cobram pelas sacolas de plástico ou de papel, num esforço para diminuir lixo e incentivar a reciclagem. A Suécia é um país que incentiva a reciclagem e a proteção da natureza, tanto é que, em 2010, Estocolmo ganhou o título de Capital Verde da Europa devido a reciclagem e os esforços com a sustentabilidade.

17. Datas para comemorar os alimentos

Existem alguns dias que os suecos comemoram alguns alimentos, por exemplo: na terca-feira  de carnaval aqui é comemorado o dia do Semlor (post AQUI); em 25 de  março é a vez dos waffles com o våffeldagen (post AQUI). Em agosto tem a Kräftfest (post AQUI) e em 04 de outubro é a vez do Kannelbullensdag (post AQUI).

18. É seguro beber a água

Para os brasileiros é estranho e até demora um pouco para acostumar a tomar água da direto da torneira. Mas depois de um tempo você se acostuma. A água é limpa, fresca e gelada assim você pode economizar toneladas de dinheiro (e o ambiente) por não comprar água engarrafada. Dica: não caia na tentação de usar água quente da torneira para fazer comida; me disseram que essa água não é boa para cozinhar. Dê preferência para aquecer a água gelada.

 19. Calças jeans = negócios informais

A moda cotidiana na Suécia é simples, descontraída e casual. Este mesmo conceito se infiltrou sem problemas em ambientes de negócios mais formais. Mesmo em reuniões você encontra pessoas de jeans e camisas de mangas compridas. Aqui em Ludvika, se você encontrar alguém de terno pode ter certeza que é visitante ou estrangeiro! (tá, podem existir exceções!)

20. Educação e saúde não são totalmente gratuitas 

Contrariamente à crença popular, nem todos os cuidados de saúde e educação são gratuitas. O governo paga um tanto e o restante fica por conta da pessoa. Minha experiência: às vezes que precisei de atendimento paguei um valor que já variou de 80 coroas a 100 e poucas coroas. Na educação acontece a mesma coisa, o governo paga um valor e o restante fica por conta dos pais.

Não adianta oferecer um serviço gratuito, as pessoas não dão valor. Só dão quanto pesa no bolso. E isso também é feito para que as pessoas não abusem e usem os serviços (saúde) quando realmente for necessário.

Advertisements

Sobre marianapp

My life in the frozen land
Esta entrada foi publicada em 10 coisas sobre a Suécia!, Estocolmo/Stockholm, Rapidinhas sobre a Suécia, Suécia, Sverige, tradição com as etiquetas , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . ligação permanente.

114 respostas a 20 coisas que você precisa saber antes de mudar para Suécia

  1. Cintia diz:

    Oi Mari. Já me disseram que a água quente que sai da torneira tem cal e por isso, resseca ainda mais a pele – nada de banhos longos no inverno! Adorei o post e ainda vou usá-lo em algum link, ok? Super informativo. Parabéns!

  2. deborafalci diz:

    Muito bom Mari, as pessoas as vezes tem uma idéia errada sobre tudo ser de graça aqui, paga-se pouco, mas paga-se e todos pagam, essa é a diferença tbém…
    Olha uma vez eu provei esse caviar e G-zuis horrível…
    E a água, nossa olha espero que minha pele se recupere qdo eu voltar…tá um caos de seca..e não tem creme que ajude rs
    Bjs

  3. Fabrizio diz:

    Muito showww o post. Bjus, abraços e saudades.

  4. Raíta diz:

    Parabéns pelo post Mari, muito completo! Ficou ótimo!

  5. valentina diz:

    Mari, achei muito engracado vc falar de homem e carrinho de bebe. nao se ve isso no Brasil? Interssante ver este teu post pois se percebe bem diferencas culturais. Eu ja estou muito tempo fora – duas decadas, entao minhas referencias mudaram muito. Quando tenho visitas ‘eh que me chamam atencao para certas coisas que para mim sao normais. bjocas

    • marianapp diz:

      Valentina, no Brasil ainda não é tão comum quanto na Suécia ver pais empurrando carrinho. Claro q tem, mas a grande diferenca é que como os pais tem licenca paternidade, eles passam mais tempo com as criancas e por isso é comum ver grupos de pais andando com os filhos…

      Eu entendo perfeitamente que morando fora acabamos perdendo algumas referencias, tem várias coisas q já não sei como são no Brasil. Algumas q eu sabia q tinham eu estou esquecendo e acho q isso nunca existiu por lá!! é muito estranho isso, rs…beijinhos

  6. Muito bom o post, caprichou bastante …………… bjs

  7. Joseane diz:

    Olá Mari,

    Com exceção do café que não tomo de jeito nenhum e ainda bem que meu noivo também não toma,acho que com o resto posso me conformar!

    Abraços

    • marianapp diz:

      Oi Joseane,

      Dá pra sobreviver sim!! já se vão quase dois anos que estou por aqui e consegui!! vc já está na Suécia ou ainda não?
      Abracos

  8. Joseane diz:

    Olá Mari,

    Ainda estou no Brasil,estou em processo de visto!Mas logo logo…

    Abraços

  9. LEONARDO diz:

    O QUE EU MAIS GOSTEI FOI O 20º, REALMENTE O POVO SÓ DÁ VALOR QUANDO PESA NO BOLSO…TRABALHEI NA SAÚDE PÚBLICA E SENTI NA PELE!

    • marianapp diz:

      Pois é Leonardo; na faculdade os atendimento nunca eram gratuitos, desde aquela época escutava: “se não cobrar, eles não dão valor”!! infelizmente tem que ser assim!!

  10. Rejane Freire diz:

    Muito rica suas informações! obrigada!!;)

  11. Galladriel diz:

    Mari, estou amando o seu blog.
    Muito bem escrito, enfim adorei, vou continuar nos outros tópicos 😉

    um beijo e obrigada pelas dicas !!

  12. Felipe Albuquerque diz:

    Olá,
    Fantásticos comentários, eu já vivo em Portugal a 6 anos e tenho planos de ir viver na Suécia, por varias questões de trabalho., e seu blog me forneceu informações preciosas.
    Tack så mycket

    Parabéns pelo blog.

  13. EDUARDO COSTA diz:

    OLA, MARI, MEU MAIOR SONHO E MORAR EM SUECIA, EU GOSTARIA DE SABER WQUE TIPO DE LINGUAGEM SERIA BOM PRA MIM APRENDER, E COMO EU FAÇO PRA MORAR EM SUECIA. EXISTEM ALGUMA LEI AI Q PERMITE IMIGRAÇÃO DOS ESTRANGEIROS.
    AGUARDO E FICO GRATO.

    • Miguel Gomes diz:

      Eu acho que você poderia começar com o português! Já seria um bom começo para “mim aprender” !
      Aproveita e desliga a caixa alta (caps lock)!

  14. Francielle diz:

    Adorei seus posts, passei 40 dias lá e realmente é um país muito lindo.

  15. Ríchard diz:

    parabéns pelas suas dicas. sou jornalista e empresário, e gostaria de sair da violência do Brasil e morar na Suécia. Sucesso para vc. Richard

  16. camyla santos diz:

    olá mari qual linguagem eu tenho que aprender vou ir para a Suécia ir morar lá de vez ! mais ainda tem muito tempo ! 100°/° deles falando sueco tenho muita dificuldade no inglês; o que seria mais apropriado ???
    o povo lá é racista ???? em comparação ao Brasil ?

  17. gostaria de saber sobre a area da saúde, como para biomedicos e psicanalistas, como é aceito essas profissões ai?

  18. Julio Cesar Alem diz:

    Olá Mariana… estou lendo seu blog e estou muito satisfeito com as informações… Diz uma coisa… é muito difícil conseguir visto para mim e minha família? Sou advogado, minha esposa é professora de ingles e portugues e tenho dois filhos pequenos… 1 e 5 anos…. consigo escola para eles? e trabalho? consigo trabalhar legalmente? (posso trabalhar em qq coisa…)
    Obrigado…

  19. monique diz:

    ola mari gostei muito do seu blog tb quero muito ir para suecia é um plano que estou amadurecendo agora mais sera para dezembro de 2014 ñ sei falar inglês sera que é melhor começar em um curso ou ai eles dão uma ajuda algo assim? beijinhos linda!

  20. vinicius rodrigues diz:

    oi mari pretendo morar na suécia em breve e vc tá me esclarecendo mts coisa daí. obrigado beijoss

  21. Christiane diz:

    Olá Mari!
    Tudo bem?
    Terei a oportunidade de morar em Estocolmo, e pelas pesquisas que faço percebo que há mais gastos do que no Brasil.
    Os eletro-eletrônicos e móveis pequenos valem a pena ser vendidos no Brasil e comprados no local, ou não é tão válido? Muito obrigada!

    • marianapp diz:

      Oi Cristiane,

      Infelizmente não poderei responder, pois não moro mais na Suécia… na época q morei, valia a pena comprar por lá… Boa Sorte!

  22. Edson Nascimento. diz:

    Obrigado pelas dicas,eu sou brasileiro e moro em Portugal, mas também já vivi muitos anos na Inglaterra em Londres. Gosto muito de Portugal tem um clima e uma gastronomia fantástica, até no inverno faz muito sol e as vezes até calor sem falar das praias que são lindíssimas, acho que não me adaptava na Suécia apesar de os países escandinavos serem os mais ricos da Europa devido ao frio e a neve. Tive muito Prazer em conhecê-la é um acto de coragem muito grande parabéns!
    Que Deus te abençoe.

    • marianapp diz:

      Olá Edson,

      Sabe q acabamos acostumando com o frio? no meu segundo inverno na Suécia, já nem sentia taaaanto frio, rs…

      Agora voltei pro Brasil, mas foi uma experiência muito boa!!

      Obrigada pelo carinho!!

  23. Eduardo diz:

    Desde ja gostaria de dizer que gostei muito do blog. Eu sou licenciado em Engenharia Civil e gostaria de imigrar para a Suécia, mas todos os sites de emprego que vi estavam todos em sueco e eu não percebo nada de sueco só falo bem Inglês.O que queria perguntar era se conheces algum site com anúncios em inglês ou achas que devo ir para a suécia e tentar procurar trabalho por la.

    • marianapp diz:

      Ixi Eduardo…não sei o q dizer…

      Acho q eu tentaria achar por aqui mesmo pra depois tentar ir pra la. Busque empresas suecas na sua área e mande curriculos. Q eu conheco é a Siemens, Ericsson, ABB…tente nessas…coloque curriculo no Linkedin…enfim, acho q eu faria isso…Boa Sorte!

  24. Raquel diz:

    Oi marianapp, adorei o teu blog.
    Em princípio vou para a Suécia em julho. Já lá estive em novembro para visitar o meu marido e adorei, apesar de frio, mas que um bom casaco não resolva. Vou seguir o seu blog. beijocas.

  25. Lucas diz:

    Consigo sobreviver com 18166.22 Kr mensais na Suécia?

  26. carolina diz:

    ola tudo bem? eu e uma amiga estamos querendo sair do brasil para não voltar mais. Vc acha a Suécia uma boa opção? como é emprego por ai? não falo inglês mas consigo emprego de qualquer coisa facilmente? e custo de vida?

    Se poder me dar dicas agradeço.

  27. ricardo diz:

    Na suécia, eles são preconceituosos em questão de pele e por ser brasileiro?
    É fácil arrumar emprego para pessoas negras e estrangeiras, com diploma de graduação?

  28. marcelo gomes de oliveira diz:

    olá amo a Suécia queria saber de algumas informação de quanto precisaria para ir para a suécia trabalho para imigrantes é uma coisa facíl ou difícil desde já agradeço pela atenção

  29. gilvando domingos alves junior diz:

    eu queria saber se bom viver ai na suécia?! estou pesando em viver ai??!

  30. Sempre fui apaixonado pelos paises escandinavos…Quero muito me mudar para a Suecia e trabalhar como engenheiro apos me graduar. Quanto tempo vc morou la ? conhece algumas musicas boas em sueco para me ajudar a aprender o idioma ?

    • marianapp diz:

      Olá Rafael, eu no momento não conheco não…mas vc pode acessar o site da Rix Fm, uma rádio q tem por lá: http://www.rixfm.se/ Vc consegue ouvir a radio online..clique em lissna live.

      Boa sorte!!

      • Vlww Mari =D
        Pensei que ainda estivesse morando la…nao sente falta ? nao pretende voltar ?
        Poderia me dizer quais foram as suas maiores dificuldades na Suecia ?
        Quero manter contato !
        bjs

      • marianapp diz:

        Rafael, td bem?
        Desde abril de 2012 estou no Brasil. Sinto falta sim…o ano de 2012 foi o mais dificil; os seguintes acabei de acostumando novamente e, como tive um filho nesse periodo, acabou q não tive muito tempo påra pensar nisso não, rs.

        No comeco o inverno e a distancia da familia foi a maior dificuldade. Nós mudamos pra Ludvika em outubro de 2009, e elogo em seguido comecou a pior fase, do fim de outono qdo tem dias mais curtos e bem escuros. Só depois q a neve cai q o sol aparece e fica aquele inverno de tv. Claro q aquele inverno de tv não é a realidade todos os dias veja esse post: https://mundodamari.wordpress.com/2011/03/17/andancas-29-a-neve-que-hollywood-nao-mostra/

        Ai vc tem ideia do q era a fase dificil da neve. A língua, apesar do inglês foi um fator de dificuldade, porém foi bobagem minha. Eu optei por não estudar sueco; bobagem q não indico pra ninguém (como tinha data marcada pra voltar, eu deixei pra la).

        No momento não pretendemos voltar nao. Tenho vontade, porém no momento aqui é o melhor pra nós.

        Mas foi isso…rs. Escreva sempre!
        beijos

        ps: escutou a Rix fm?

      • Oi Mari !

        No fundo eu imaginava que seriam esses os fatores dificeis da sua experiencia…para mim, acho que o mais dificil seriam as baixas temperaturas e o escuro inverno…no entanto compensam qdo levamos em consideracao os absurdos que vivemos nesse lugar chamado Brasil. Cada dia que ligo a televisao me revolto mais e mais…
        Estou estudando sueco e estou gostando bastante, mas é uma pena que eu nao encontre tantos materiais na internet para auxiliar…caso conheca, pode me indicar ! rs…

        Eu ouvi a radio sim…mas fiquei chateado pq a cada 5 musicas tocadas 6 eram americanas hahahaha…mais ou menos como algumas radios brasileiras…e os msms hits…ai eu me divertia ouvindo o locutor e as conversas no intervalo das musicas =)

        Vc chegou a conhecer a Noruega ? Qual sua cidade preferida na Suecia, e pq ?
        =)

        Se cuida !

      • marianapp diz:

        Pois é Rafael, não mudava muito. Logo pela manha, tem um programa q eles falam bastante; tem entrevistas e tals. Era engracado dar risada deles sem entender bulhufas. rs Concordo q o Brasil tá complicado e dificil, por isso já nem assisto televisao, só tragédia.

        Sobre o inverno vc se acostuma, no segundo inverno era td muito normal. Frio vc coloca roupa adequada e pronto. Rarissimas vezes deixavamos de sair por causa de neve/frio.

        Não fui pra Noruega, infelizmente. Cidade da Suécia? hum…não conheci muitas, mas Gävle era bem bonitinha…todas q conheci eram bonitinhas e moraria fácil (conheci Ludvika, Gävle, Gotemburgo, Västerås, Estocolmo, Falun, Börlange…ixi…memória tá falhando…tem mais, mas agora não estou lembrando…kkk). É muito facil falar q moraria em qq uma delas; Ludvika é cidade de interior sem muitas coisas, vida pacata…e as outras tinham mais recursos de turismo…tinham mais coisas pra fazer, por isso moraria fácil, rs.

        Que legal q está fazendo aula…se souber de algo te aviso!!

        Cuide-se vc tbm!!

      • Mari, ja vou parar de te encher…prometo !!! hahaha…
        Viajando pelos seus posts vi que vcs foram pra Suecia ja com emprego etc…Qual é a área na qual o seu marido trabalha ? Se nao for perguntar demais… qual o nome da empresa que ele trabalhava ?

      • marianapp diz:

        hahaha..pode perguntar.Existem Perguntas e Perguntas.
        Ele é engenheiro; trabalha na ABB, ele ainda trabalha…nós fomos como expatriados.

      • Ahh…imaginei que fosse engenheiro ! Grande parte dos expatriados sao engenheiros…qm sabe com experiencia internacional, diploma de engenheiro, espanhol, ingles e sueco seja mais facil conseguir uma oferta daqui tb…Mari, vlw pelos toques !! Qlq coisa vou gritar pra ti aqui de novo entao !! rsrs…
        Beijos e sucesso !

      • marianapp diz:

        De nada!! Geralmente trabalhar em empresa sueca aqui no Brasil já abre algumas portas…obviamente o inglês é imprescindivel…agora se tiver o sueco…já ganhou..kkkk Só gritar!!
        Obrigada pelo carinho e sucesso pra ti tbm!!
        beijos

  31. Marcos Ayres diz:

    oiii td bem? vc traz uns assunto bem interessantes no seu blog, realmente parece gostar dai, e tb gostei do seu jeito de organizar e fazer seus posts
    eu vou estudar ai daqui a 1 ano e alguns meses, quem sabe posso até te ajudar no seu blog com assuntos sobre intercambios e a dinamica dela, porém eu queria saber se vale a pena ir para ai…

    antes de tomar um decisão de seleção do pais, gostaria de saber sobre as mulheres ai em comparação ao brasil? eu queria passar um tempo ai so pra conhecer as suécas, amo loiras 🙂
    eu andei fazendo uma pesquisa, e vi q na suécia é aonde tem mais loiras, sabe me dizer o qnt de pessoas loiras tem comparada a outras?
    muitas são faceis de pegar? não desmerecendo quem é facil, eu até acho lgl isso hahah
    existem alguns cuidados q devo tomar em uma inteiração com uma suéca basiado no conceito cultural do pais?

    obg pela atenção querida, bjs

  32. Debora Nascimento diz:

    Ola Mari,menu Nome é Deborah tenho 18 anos estou planejandoir Mora na Suecia ja faz muito tempo, gostaria due algumas dicas se puder me ajudar vou ficar lisongeada.
    Sinceramente.
    Deborah

    • Patricia Moreira Moretti diz:

      Não faça isso! As cidades são lindas no entanto o povo é extremamente antipatico e arrogante. Viajo o mundo inteiro, incluindo países do Oriente porém arrisco em dizer que não há gente pior que os suecos.

  33. Jose Henrique diz:

    Mari,sera que eu e minha esposa teriamos dificuldade em morar e viver na Suecia??Ja somos aposentados,eu sou Engenheiro e professor e minha esposa é advogada e tambem professora entretanto,se fossemos para la, gostariamos de ainda trabalharmos ou abrirmos um negocio.De-nos sua opiniaõ???

  34. Amanda Gouveia diz:

    Olá Mari, tudo bem?

    Como funciona com relação a moradia? Aluguel aí é muito caro?

    Tenho como objetivo ir morar aí.

    Obrigada, abçs.

  35. Julia caldeira roque diz:

    Como vou morar na Suécia desse jeito ?? Meus planos foram buraco a baixo

  36. Elizana Panissa diz:

    Ola Mariana tudo bem?
    Gostaria de saber o que foi mais dificil pra vc para se adaptar na SUECIA? e quanto aos estudos são caros? é dificil entrar em uma escola tecnica ou faculdade? Quero muito fazer intercambio para la e queria saber se voce poderia me ajudar?

    abraços

    • marianapp diz:

      Elizana, td bem?

      Pra mim, a maior dificuldade foi ficar longe da familia e obviamente a língua. Sobre estudos, não saberei te ajudar, pois não estudei…entretanto acho q vc consegue estudar de graca…abcs

  37. graciana ferreira carvalho diz:

    gostaria d mais informacoes sobre imigracao pois quero ir enbora do Brasil(cansei da violencia)e com isso levar meus filhos,sou formada em enfermagem.como e o campo de emprego ai? desde ja lhe agradeço a atençao

  38. Vani diz:

    Oi ! Tudo bem ! gostaria de saber se da para viver ai na suécia com pouco mais de R$ 5000.00 (reais) ??? Obrigada Abraços

  39. Denise diz:

    Pensando em visitar,mas morar de jeito nenhum e nem é por causa do café! Amo café! Não vivo sem. E do pretinho passadinho na hora rsrs…mas o inverno eu detesto, fugi do sul por causa dele e sei que é bem mais ameno do que aí. Tenho uma amiga que foi há 5 anos para Estocolmo e me conta as curiosidades. Ela fala que lá você é tratado sempre com gentileza,mas com uma certa desconfiança que faz de você um eterno peixe fora dágua. Eterno estrangeiro. FAlou que é caro para viver, mas que como as pessoas não ostentam como no Brasil, vive-se bem. Ainda não acostumou 100%, mas gosta.

  40. Andressa diz:

    Mariana adorei seu post ,e depois da reportagem sobre a suécia ,fiquei encantada e tentada a mudar do Brasil ,como conseguir um emprego ai ? meu marido é controlador de voo no Brasil e eu comissaria de voo ,nao sei como funciona essas profissoes por ai ,poderia me dar uma luz ?

  41. Em Ruben diz:

    Ola Mariana muito interessante o seu blog, eu estou a pensar em ir para a Suécia com a minha esposa, ela já está aprender a língua pela empresa que a recrutou, eu não estou na mesma posiçao que ela, não tive direito á lingua, mas ando aprender sueco com uma professora em portugal mas as aulas são poucas e estamos quase a partir. E não tenho Inglês, gostaria de saber se á escola para estrangeiros na suecia, ou se conhece alguém que dê aulas de Sueco e explique em português?

  42. MARCELO VITÓRIA diz:

    Hello, Mari eu gostei do seu post sobre as 20 coisas antes de se mudar para Suécia. Eu moro aqui em Avesta desde de abril. Mas estive aqui na Suécia no ano passado e fiquei dois meses e em abril voltei pra morar. Minha namorada é sueca e eu fui para a escola aprender sueco kkkk é muito difícil mas eu falo english morei 8 anos em New York. Vejo que povo aqui não entendeu que você já não se encontra na Suécia kkkkk é engraçado ler as perguntas. Eu li todas e traduzi pra minha namorada. Rimos um pouco. Mas tem muitas coisas que o povo precisa de saber antes de vir morar aqui. Se alguém precisa de ajuda me mande mensagem no meu face Marcelo Vitória. Obrigado Mari.

  43. MARCELO VITÓRIA diz:

    Hello, Mari eu gostei do seu post sobre as 20 coisas antes de se mudar para Suécia. Eu moro aqui em Avesta desde de abril. Mas estive aqui na Suécia no ano passado e fiquei dois meses e em abril voltei pra morar. Minha namorada é sueca e eu fui para a escola aprender sueco kkkk é muito difícil mas eu falo english morei 8 anos em New York. Vejo que povo aqui não entendeu que você já não se encontra na Suécia kkkkk é engraçado ler as perguntas. Eu li todas e traduzi pra minha namorada. Rimos um pouco. Mas tem muitas coisas que o povo precisa de saber antes de vir morar aqui. Se alguém precisa de ajuda me mande mensagem no meu face Marcelo Vitória. Obrigado Mari.
    Mari vou deixar meu Email aqui talvez possamos fazer alguma coisa juntos em relação a mais informações sobre Suécia. Marcelovitoria84@hotmail.com

  44. MARCELO VITORIA diz:

    Mari gostei do seu post. Aqui é assim mesmo. Eu moro aqui desde abril e estou sentindo muita diferença. Minha namorada é sueca e sempre estou com a família dela. Não falo sueco ainda só english. Bom, tem algumas coisas que as pessoas que querem vir morar aqui precisam saber sobre estudar sueco de graça. Para você se registrar para estudar no SFI (sueco para estrangeiros) você precisa de obter o personal number que é um CPF no Brasil. Mari vou deixar meu e-mail se você quiser se comunicar. Se alguém precisar de alguma informação pode está entrando em contato comigo no meu face. MARCELO VITORIA

    • Gustavo diz:

      Olá Marcelo,
      Desculpe-me incomodá-lo, tenho algumas perguntas: É fácil conseguir o SFI ?
      Moro na Polonia há 6 anos e tenho a carteira de residente da Uniao Européia emitida na Polonia(em ingles se chama: Long-term European Union Resident Card) e depois de atanto tempo aqui já me cansei da Polonia, para dizer a verdade os salários aqui sao muito baixos. Respondi a alguns anúncios de emprego em sites sueco de colocaçao, procuro trabalho na area de suporte técnico de IT(callcentre) com as seguintes línguas: portugues, espanhol, frances ou italiano, sei que a Scania em Sodertalje ás vezes abre vagas, conhece alguém que trabalha?

      Obrigado pela atençao,
      Saudaçoes,
      Gustavo

  45. Parabéns pelo post Mariana, acabei de assistir “O mundo segundo os brasileiros” e praticamente os vintes itens foram citados por diferentes pessoas. Ou seja, seu post continua atualizado. 🙂

  46. Aline diz:

    Oi Mariana, tudo bem?
    Estou sempre à procura de informações sobre a Suécia, e nas minhas andanças achei teu blog. O post “20 coisas que você precisa saber antes de mudar para Suécia” foi bem esclarecedor. Amoooo café, estou salva (rsrsrs). E, para somar aos teus relatos, segundo algumas informações de um conhecido que já viveu por lá, realmente a distância da família, o idioma sueco (para quem não se vira muito no inglês) e a cultura de comportamento mais reservado são as maiores dificuldades que os brasileiros encontram. Sobre o frio, não só na Escandinávia como em outros lugares da Europa, apesar de ser intenso, é suportável. Em relação a visitar, trabalhar e estudar no país (aos interessados), de forma legal e sem imprevistos, indica-se uma olhada nos sites a seguir, fica a dica:

    Embaixada do Brasil em Estocolmo
    E-mail: consular@brazilianembassy.se
    Site: http://www.brazilianembassy.se/

    Embaixada da Suécia no Brasil em Brasilia – DF
    E-mail: ambassaden.brasilia@foreign.ministry.se
    site: http://www.swedenabroad.com

    Consulado Geral da Suécia no Rio de Janeiro
    E-mail: consulado@sweden.com.br
    Site: http://www.suecia.org.br

    Consulado Geral da Suécia
    E-mail: swenor@uol.com.br

    (Fonte: http://www.vistos.com.br)

    Como todos aqui compartilham o desejo de viver na Suécia, vale pesquisar muito, buscar informações, ler, conhecer pessoas com vivência no país e não se acomodar. Lá, ao que sabemos, paga-se impostos caros, que proporcionalmente retornam com ótima infraestrutura e qualidade de vida. O governo sueco incentiva o estudo acadêmico, portanto, as universidades de lá possuem praticamente um selo de qualidade… Uma maneira de dizer que são muito boas!
    Vale lembrar que, para quem possui dupla cidadania (uma que pertença à Comunidade Européia), entrada e permanência no país acontecem com mais facilidade.
    Mariana, espero ter somado aqui tanto quanto aprendi.
    Abraço e bjos…

  47. Bruno diz:

    Ola Mari, estando a pensar mudar para a Suecia… quais os passos mais importantes a seguir? Onde ir? Visto? Emprego? Casa? Segurança social? beijinhos e obrigado! Boa sorte!!

  48. Jonatan Alexandro diz:

    Olá Mari, adorei as dicas, gostaria de saber de você se para um casal homossexual como eu e meu namorado, é possível arranjamos visto com tranquilidade para a Suécia? Sentimos que nossas vidas e esforços estão sendo desperdiçados aqui no Brasil. Ele se forma em engenharia Civil no ano que vem e eu em licenciatura em geográfica. Você tem uma idéia sobre este processo de casais do mesmo sexo? Obrigado desde já.

  49. anaosven diz:

    é necessário saber que cidades são mais racistas e que cidades não são. Jamais chegaremos nos níveis dos suecos sendo estrangeiros, se vier morar aqui com contrato de trabalho onde a empresa pagará sua casa, perfeito!!! se não, vais morar em apartamento…se vieres sem filhos e querendo aprender a língua e trabalhar como um escravo, velha e fará dinheiro, ams depende da cidade. Eu moro em uma cidade super racist, mas sou clara, não sofro tanto com o racism, mas aqui eles ostentam sim e muito, é uma competicão dos infernos e temos que engolir que nunca chegaremos ao que eles tem, mas em mm dói mais pois vi de familia com dinheito no Brasil, mas me apaixonei por um sueco, casei e vivo aqui há 10 anos, tenho um filho. Se vc tem familia…cuidado!!! melhor vir como estudando e tal….a sociedade é voltada para o trabalho, somente. Achar bom emprego não é fácil em algumas cidades, vá para as cidades maiorres se não quiser lavar o chão, näo importa se vc era advogado no Brasil, aqui não somos nada.

  50. anaosven diz:

    Acho hiper interessante esses documentários sobre a Suécia na tv brasileira, primeiro que os próprios brasileiros mentem ou omitam o que fazem aqui, na reportagem da Band onde mostraram brasileiros em Estocolmo, eles ali não disseram o que faziam da vida, eu sei o que eles fazem, eles não mencionaram porque näo é aceitável para o Brasil, mas por quê mentir? Aqui é uma sociedade sem títulos e perfeita para os SUECOS, para eles funciona, até porque planejam suas vidas muito vem, mas näo para nós estrangeiros…se vc vm de dos subúrbios do Brasil e não tem muita frescura em trabalhar em cisas näo glamourosas,mesmo com o frio e a escuridão se dará bem, mas se vc acha que terá uma casa enorme e nova, um carro caríssimo, poderá quantos filhos vc quiser…não terá…apenas se comprar uma casa no meio do nada na floresta, longe de tudo e de todos, tudo aqui é caro…as pessoas precisam parar de mentir quando chegam no Brasil ou vão pra tv.

    • marianapp diz:

      Concordo com vc. As pessoas tendem a romancear suas experiências. Fazem a população acreditar q td é sonho…q td é fácil. Não imaginam as dificuldades…acham q vão achar um sueco…casar…enfim, sempre falo pense bem o q quer antes de decidir o q irá fazer. Planeje…estude. Não sou a favor de tentar a sorte…

  51. roberta diz:

    Oi Mari, adorei o seu relato, achei muito útil e interessante, fácil de ler! Tens algum comentário sobre a cidade de Linkoping?Talvez acompanhe meu marido, que vai a trabalho. Temos um flho de 4 anos. Grata

  52. Josy diz:

    oi? sou apaixonada pela Suécia (mas apaixonada de longe pq ainda não tive condições de ir visitar esse país tão lindo). os brasileiros por ai costumam ajudar outros brasileiros que estão chegando? quando eu puder ir, vi no site (http://www.swedenabroad.com/pt-PT/Embassies/Brasilia/Visitar-a-Suecia/Permissao-de-Visitar-a-Suecia—cidadaos-brasileiros/) que posso passar 90 dias sem visto (p visitas, claro), mas não tenho condições de duas coisas pedidas: (Extrato bancário 450,00 coroas suecas por pessoa e dia, ou carta convite com garantia de alimentação e alojamento do interessado durante a sua estadia.
    Seguro-saúde/viagem: Cobertura de € 30.000,00 com validade nos países Schengen). :/ será que alguma brasileira ai ajudaria com esse tal convite pra ajudar a bailarina aqui? não quero jamais dar trabalho a ninguém. tenho 21 anos e sou professora de dança, e meu sonho é poder conhecer a Suécia pra depois conseguir o emprego ai. a única coisa q eu queria era só um lugar p dormir pq eu passaria o dia e algumas noites conhecendo o que eu pudesse. as despesas seriam minhas, como já disse: só quero um lugar p dormir ai. desculpe o post enorme. me responde por e-mail, por favor? bjos, e obrigada. 🙂

  53. hOAIEUHaoeiuhaeoiuHEOiu…Mari, seu blog deve estar no top 10 entre os mais engraçados !!! kklkkkkkkkk…Simplesmente hilario os comentarios que leio aqui !!! kkkkkkkkkkkkkk…vou parar de entrar em sites de piadas…Tenho o suficiente aqui…rs

  54. Alice diz:

    Passei a madrugada toda lendo seu site, aliás excelente site !!!!!!
    eu queria saber qual a relação dos Suécos com os animais domésticos, se eles tendem a levar frequentemente ao veterinário, se eles realmente gostam dos animais como os Brasileiros, etc. porque vou migrar pra Suécia e fazer veterinária, quero saber se é um país bom pra investir no meu futuro.
    e outra coisa, se eu migrar com minha segunda cidadania Portuguesa terei problemas? Já que uma das vantagens é poder morar em qualquer lugar dentro da UE..

    • marianapp diz:

      Alice obrigada! Eu usei muitas horas pra tentar fazer um blog legal! Q bom q gostou.
      Os suecos gostam sim de animais, porém deve ser aquela história quem gosta gosta quem não gosta não gosta…A grande diferença entre os brasileiros é q por lá só tem cachorro de raça então a pessoa q resolve ter um animal compra ele. Gasta bastante dinheiro com ele então cuida de seu animal. Eu me lembro q não era barato levar no veterinário…mas não sei te informar se vale a pena investir na carreira por lá. Sobre a cidadania…acho q não atrapalha em nada, deve até ajudar.
      Desejo a vc muita sorte nessa sua trajetória! Qq cousa estou por aqui. Bj

  55. Regiane Flores diz:

    Olá, diga me, é muito difícil entrar e trabalhar por aí, penso em me expatriar mas como tenho família procuro um lugar onde possa levá los posteriormente 🙂

  56. Bruna diz:

    Olá Mari, muito bom seu blog!
    Vou me mudar dentre de alguns meses pra Suecia e foi bastante util.
    Tenho algumas duvidas e uma delas seria em relação à bancos.
    Existe algum banco que seja mais comum ter uma conta corrente? Obrigada!

    • marianapp diz:

      Oi Bruna…eu me lembro de dois bancos…O swedbank e um outro q não me lembro o nome. Não sei te falar qual é melhor…deve ser bem parecido. Vc terá trabalho? No caso do meu marido foi a empresa que escolheu o banco…obrigada pelo carinho

  57. Julia diz:

    Olá pessoal vou morar em brohma Suécia vou com 2 filha pequenas , o que vc me diz que preciso levar do Brasil para Suécia pra ficar 2a 5 anos sou uma caipira , me ajudem com dicas , casa, passaporte , visto já estão tudo ok, Tbm preciso saber pra levar 2 pet gatos daqui do brasil,

    • marianapp diz:

      Olá…acredito que vc deva levar coisas q as meninas gostem…principalmente de comer. Tenha um estoque para um período até se acostumar. Qdo digo coisas de comer seriam mimos..pq tem muito coisa por lá q tem aqui…mas tem coisas q não tem. Enfim se lembrar de alguma coisa te aviso!! Boa sorte!

  58. williams diz:

    olá, gostaria que falasse algo sobre oportunidade de emprego para brasileiros, são receptivos ou há discriminação?

    • Bárbara diz:

      Olá Mariana tudo bom ,acabei de conhecer o seu blog,muito bom .!

      Dezembro estarei indo para a Suécia em Lund ,acabei de pegar o meu passaporte ,estou fazendo algumas aulinhas de inglês….pois tenho o meu namorado que já mora e estamos querendo nos casar em Lund mesmo,Sei que para ir para a Suécia para 90 dias como turista não é preciso do visto ,mais estava pensando se eu posso fazer algum curso ai de aprimoramento de inglês e se você tem alguma escola para indicar e valores.?

      Lugar eu tenho para ficar e a quantia de valor por dia de 450 coroas suecas também tenho . O curso estou querendo fazer um intensivo de um mês e meio no máximo .

      Obrigada bjos

  59. AUGUSTO diz:

    oi , olá tenho 12 anos e estou no sétimo ano, meu pai vai estudar aí é parece que defender uma tese na suécia, meu pai parece que vai ficar três anos, eu e minha mÃE , só dois.

    a escola aí é muito difícil?

    moto em Salvador

  60. AUGUSTO diz:

    nós só vamos em julho de 2016, eu e minha máe ficaremos até julho de 2018 e meu pai até julho de 2019.

  61. Marcelo diz:

    Há empregos para Brasileiros?

    Só falo português..

  62. Patricia Moreira Moretti diz:

    Olá
    Achei seu blog interessante, porém já que se propõe a começar deveria dar continuidade e responder com vontade e respeito aos seus leitores. Acredito que vc pegou o jeito sueco de ser, ou seja, “não me encha o saco”…, enfim, continuas brazuca. Hahahaha

    • marianapp diz:

      Ola, Patricia…você deveria ler o blog pra entender o que se passa…faz tempo que não moro na Suécia…leia antes de ficar julgando…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s