Poesias IV

“Tomara
Que você volte depressa
Que você não se despeça
Nunca mais do meu carinho
E chore, se arrependa
E pense muito
Que é melhor se sofrer junto
Que viver feliz sozinho

Tomara
Que a tristeza te convença
Que a saudade não compensa
E que a ausência não dá paz
E o verdadeiro amor de quem se ama
Tece a mesma antiga trama
Que não se desfaz

E a coisa mais divina
Que há no mundo
É viver cada segundo
Como nunca mais…

Vinícus de Moraes

Advertisements

Sobre marianapp

My life in the frozen land
Esta entrada foi publicada em Poesia com as etiquetas , , , , , , , , . ligação permanente.

6 respostas a Poesias IV

  1. Maxwell diz:

    Eu não poderia concordar mais!

  2. Trembom diz:

    MARI amei a cara nova. recebo tuas atualizacoes por email e fiquei preguicosa de passar aqui. mas vim te deixar um abraco e feliz 2012.xx

  3. freitasmh diz:

    Ai ai Mari!

    To no Brasil desde terça, e ler Vinicius quando se está longe do bem amado é um bálsamo e uma condenação…
    Pelo menos aqui não é frio!!

    • marianapp diz:

      Maria…
      Estamos vivendo a mesma coisa! nossos amados estão na terra gelada e concordo com vc…ler Vinicius é muito bom nessa situacäo! Qdo volta pra Suécia?

  4. Vinicius é bom a qualquer momento.
    Adorei o poema e de vez enquando é bom sentir saudade do amado, não é verdade?

    Beijos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s