Bruschetta de tomate com champignon portobello

Essa saborosa iguaria italiana tem sua origem na antigüidade entre os trabalhadores rurais, quando o pão era seu principal alimento. O termo Bruschetta (pronuncia-se brusqueta) é originário das regiões do Lazio e de Abruzzo, derivada da palavra “bruscato” que significa tostado ou torrado, no forno ou na grelha. Na região da Toscana, a bruschetta possui outro nome, como “Fetunta”, sendo derivado das palavras “fetta unta”, isto é, fatia untada.

A bruschetta clássica é feita com uma fatia de pão italiano rústico, de farinha escura e grossa, de casca dura, tostada na grelha, esfregada com alho, untada com abundante azeite e polvilhada com sal e eventualmente com pimenta-do-reino. Mas, como existem diversos tipos de pães italianos que variam de região para região, a bruschetta possui sabor e aparência com características distintamente regionais. Na Puglia e na Campania, por exemplo, é feita com um pão crocante, chamado “frisella” ou “frisedda”. Na Calábria, Sicília e Basilicata, a bruschetta é feita com um pão comprido de semolina e sementes de gergelim, guarnecido com tomates, azeite e orégano.

Embora certas guarnições seriam mais adequadas para determinados tipos de pães, pode-se garantir uma boa bruschetta, somente com um bom pão e um azeite de oliva de boa qualidade. A pimenta-do-reino moída na hora, também dá um sabor especial.

Dica: prefira tostar o pão na grelha, a torrá-lo no forno. Ele fica macio por dentro e com uma casca crocante externamente. Se usar queijo e quiser derretê-lo, coloque as bruschettas em forno alto, por alguns minutos, isto impedirá que o pão endureça ¹.

A receita de hoje é bem simples e rápida de fazer. Não retirei de nenhum lugal em específico, mas me inspirei em várias receitas; ficou muito saborosa! E viva a versatilidade da bruschetta!!!

Antes de ir ao forno

Bruschetta de tomate com champignon portobello

rendimento: 4 porções –

Ingredientes – foi tudo no olhômetro, por isso medidas estranhas!

4 fatias de pão italiano

4 a 5 tomates cortados em cubos sem semente

1 a 2 cebolas cortadas em cubos

2 dentes de alho picadinhos

1 ou ½ champignon portobello

óleo de oliva a gosto

sal e pimenta preta a gosto

cebolinha e salsinha a gosto

folhas de manjericão fresco

Modo de Preparo

1. Corte os tomates em cubos descartando as sementes; faça o mesmo com as cebolas, o alho, salsinha, cebolinha e, o champignon,  reserve;

 2. Pré aqueca o forno a 200°C;
3. Junte os tomates com a cebola e tempere com um pouco de azeite, sal, cebolinha, salsinha e o que mais quiser (rs); 

4. Acomode as fatias de pão numa assadeira e coloque um pouco de óleo de oliva em cada uma e, por cima,  acrescente o alho picadinho;  leve ao forno por uns 5 minutos;

5. Retire a assadeira do forno e coloque a mistura de tomate,  os champignons e pimenta moída na hora por cima;  volte para ao forno por mais 5 minutos;

6. Após retirar do forno e, se quiser, coloque mais azeite de oliva e acomode as folhas de manjericão por cima do tomates; sirva a seguir.

  

  

  

¹Fonte: ItaliaOggi – sessão culinária

Anúncios

Sobre marianapp

My life in the frozen land
Esta entrada foi publicada em Pão, receitas com as etiquetas , , , , , , , , , , . ligação permanente.

4 respostas a Bruschetta de tomate com champignon portobello

  1. Edna Nogueira diz:

    Hummm, já comi e adorei!!
    🙂 Muito fácil de fazer, Flor.

    E o blog, cada vez mais saboroso. Parabéns, Mari.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s